• Daniel Moura

Presente de Natal

Updated: Jul 10, 2020


Depois de perambular

por todos os caminhos

em desavenças comigo

e morrer várias vezes

em fugas de mim mesmo

e tua palavra não viver,

encontro-me aqui,

Deus-menino,

no teu presépio,

com saudades de quando corrias,

descalço e amigo,

nos campos de minha alma,

a brincar comigo,

cultivando meu jardim

e alimentando os meus sonhos.

Rias...

E o teu riso ecoava nos meus olhos

e os meus olhos riam para a vida.

Um dia,

neguei-me a brincar contigo

e tu deixaste de habitar em mim.

Fiquei vazio e só...

E hoje

encontro-me aqui,

Deus-menino,

a pedir-te que voltes,

a pedir-te que faças de mim,

neste Natal,

manjedoura pra teu ser criança.



Daniel Moura


0 views0 comments

Recent Posts

See All