• Daniel Moura

VENHA E ME TRAGA UM SORRISO



Já disseram que a vida é muito para ser insignificante.

A vida tem que significar, ser sinal, sinalizar.

Há pessoas que sinalizam com a voz, com os gestos, com os olhos,

outras, com as próprias atitudes e posturas.

São sinaleiros em um mundo tão desorientado.

São faróis a iluminar a escuridão, a saciar os carentes de luz.

Não existe sinal de vida mais significativo e sinalizante do que o sorriso.

O sorriso sinaliza a alegria de viver, de conviver,

a vontade de ultrapassar limites,

romper as barreiras da dor e até da tristeza.

Porque, na verdade, sorriso e tristeza

andam juntos no caminho da vida,

até que o sorriso espante a tristeza e traga de volta

o brilho no olhar, e a dor vai embora...

É preciso sorrir.

Ele abre as portas dos corações,

oxigena a alma e produz encantamento.

Por trás de um sorriso há uma esperança,

muitas vezes, contra toda desesperança.

Há uma coragem, apesar do medo de não dar certo.

E há humildade, pois quem sorri sabe

que ele é acalanto, refrigério, consolo e alimento.

É preciso sorrir para alimentar os tristes.

Com o sorriso vêm os abraços, braços abertos,

corações quentes, carentes de amor.

O sorriso é o instrumento do amor, para amar e ser amado.

Porque o amor precisa ser anunciado.

E o sorriso é a comunicação do amor.

Daniel Moura


(19º Encontro da Feliz Idade)

0 views0 comments

Recent Posts

See All