• Daniel Moura

CELEBRAR A VIDA!


Celebrar é mais que comemorar, mais que fazer festa, muito

mais que soltar fogos. Se tudo isto reflete a alegria que

sentimos, imagine todas as emoções que guardamos dentro

de nós em cada celebração da vida.


Celebrar é renovar a esperança, acreditar que o futuro poderá

ser melhor a partir das experiências vividas, das quedas e

tropeços, das conquistas e realizações. A esperança, do

verbo esperançar e não do esperar, é o compromisso que

fazemos com a vida, com as pessoas e com nossos sonhos.


Celebrar é buscar novos paradigmas, fazer de modo

diferente, utilizar outros caminhos, mudar a rota, ter um novo

olhar sobre o mesmo, de forma que o transforme em algo

inusitado e surpreendente. A mudança é o combustível da

renovação, da surpresa a cada passo, do espanto que acelera

nossos corações.


Celebrar é ser capaz de se encantar a cada minuto com a

vida, com as pessoas, com os momentos felizes e menos

felizes, com o aprendizado de todas as horas.

Afinal, o encantamento é que dá o tom de nossas emoções,

brilho no olhar, sabor e graça aos relacionamentos e ao nosso

jeito de amar.


Celebrar é agradecer, envolver-se em um sentimento de

gratidão que dá sentido a tudo o que se viveu, colore todos os

momentos, ilumina cada gesto, cada palavra, todas as

emoções. A gratidão nos dá a verdadeira dimensão de ser

quem somos, de fazer o que fazemos, de sentir o que

sentimos. Nela estão refletidas todas as nossas intenções.

Daniel Moura


(40º Encontro da Feliz Idade)

0 views0 comments

Recent Posts

See All