Pages Navigation Menu

Urgente: Sinais eminentes da volta de Jesus.

Sem padrão para “normalidade”, tudo hoje beira à loucura.

-->

O que significa normal nestes dias?

Loucura 1Tente procurar. Busque nas famílias, nos relacionamentos, nos diversos tipos de fé e religiões, nas diferentes culturas, na arte.
O que é normal hoje, depende de cabeça que julga o que é certo ou errado segundo sua própria visão.
O relativismo impregna toda a sociedade, todas as famílias, todas as mentes.

Busque mais. Busque nos governos, nas diversas faces do que chamamos de “Cultura”.

Se achar algo normal na ciência, me diga se é normal o uso feito dos avanços da ciência? Do uso da tecnologia?

A natureza está louca. As estações estão anormais. Os ventos, os mares, nada mais estão dentro do padrão de normalidade que estiveram a milhões de anos.

A verdade é que não há mais um parâmetro, uma diretriz do que é certo, do que é errado, do que normal, do que é devaneio, loucura, “non sense”. 

SE FOSSEM GAYS, OU QUALQUER CLASSE, EU PODERIA DAR MINHA VIDA POR ELES

Pessoas determinando o que bom ou o que ruim, o que é certo ou errado, segundo  as suas próprias consciências.

Como começou tudo isto?

Quando Deus criou o homem, à sua imagem e semelhança, e o preparou para ser sua família amada, e lhe deu o livre arbítrio, o homem deu atenção a uma terceira voz.
Esta voz  não introjetou algo terrível no ser humano.

Quando Eva ouviu que, Gen 3.  que se ela comesse do fruto do conhecimento do bem e do mal, teria os olhos abertos para o bem e para o mal, e seria igual a Deus… aí tudo começou e se perpetuou até hoje.

Então, quando Eva aceitou a oferta…

Então todo o homem, não nascido do espírito, portanto a grande parte da humanidade, tem seu “próprio olhar”, seu “próprio conceito” do que bom ou ruim, do que é certo ou errado, é como se tivessem todos se tornados juízes julgadores infalíveis, sim, cada um o seu próprio Deus.

O homem, sob o efeito do fruto do conhecimento do bem e do mal,  realmente pensa ter em si o conhecimento do bem e do mal, e age sim, como seu próprio deus.

Não existe mais o parâmetro de Deus, a coluna mestra.  A pedra de esquina foi rejeitada, e então, o Xiita acha certo e bom matar Sunitas, cristãos e outras crenças. As discriminações afetam todas as áreas, até o simples buling escolar. Pessoas tem justificativas racionais para matar, roubar, abortar, se suicidar, quebrar todas as regras  possíveis. Cada um está com sua consciência acomodada pelo sofisma de “eu sei, eu estou certo”.

Mas nós não precisamos viver assim. Podemos olhar para Deus. Olhar para o parâmetro do que certo, do que é amor, do que e paz, do que é esperança, do que vida…

Sim, a maioria dos cristãos, realmente olham para Deus, o vem como criador, o vem como salvador, o veem como poderoso. O veem como o abençoador de nossas vidas.. Mas também não gosta de olhar para o padrão de certo e errado determinado por  Deus.

Em resumo, isto é rejeitar o senhorio do Senhor sobre a nossas vidas. Sobre TODAS as áreas da nossa vida.

Eu e você podemos nos entregar totalmente a Ele, pois o conhecemos, somos seus filhos. Podemos nos desafiar a nós mesmos e tomar as atitudes que sabemos ser “ELE” que nos orienta pelo melhor andar em todas as áreas, em todas direções da nossa vida.

Mas isto também  é um nítido sinal dos tempos em que vivermos.

Não há mais dúvida, os tempos do desenlace final, que culmina com a volta de Jesus, está tremendamente próximo.

A loucura paira em todos os aspectos. O anticristo tem assim pronto seu patamar, seu púlpito, sua “sociedade” sua “manada” de súditos, e seu reino.

Mas a vida do Senhor, quando o vento soprar, todas as coisas voltarão para o seu lugar.

Volta Senhor Jesus. Vem restaurar o teu reino, e nos dar os padrões de certo e errado que nos encherão de gozo, de alegria, de adoração e de nova vida. Vida esta tão escondida dos que tem olhos para verem nas não veem, dos que tem ouvidos para ouvir, mas não e ouvem.

Volta Senhor Jesus… restaurar todas as coisas para a tua glória. Vem Senhor Jesus, não dá mais par suportar a loucura em todas as áreas nestes dias.

 

Pr. Eliseo.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *