Pages Navigation Menu

Urgente: Sinais eminentes da volta de Jesus.

Estado Islâmico: Revelado no Brasil Pastores Suspeitos de…

-->

Uma dura realidade para nós evangélicos.

.

Captura de tela 2015-03-23 06.30.21

.

Pastores mais perigosos que os “matadores” do ISIS, aqui mesmo no Brasil.

Quando um pastor começa a deixar de lado o que a bíblia diz, não importa o motivo que há por traz, pode se tornar um daqueles que a Palavra de Deus diz que é para temermos:

.
Mateus 10:28 “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma. Temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.

.

Quando uma igreja adapta a mensagem de acordo com o público, e modifica o que a Bíblia realmente quer dizer, quando um pastor age assim, ele está muito perto de se tornar um dos que podem “fazer perecer no inferno a alma e o corpo.”

Este “pastor” pode se tornar um dos que bíblia cita em 2 Tim. 4:3

.2 Timóteo 4:3 “porque virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina, mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si mestres conforme as suas próprias concupiscência, e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas”.

.

EU EU?      PREGANDO AOS OUTROS?                                    E MINHA POSTURA?

Claro que muitos não entendem o meu temor em ser Pastor. Não posso, e nem quero fugir deste chamado. É um privilégio maravilhoso viver nestes dias com este chamado.  Mas entendo quando Paulo clama para os seus discípulos que orem por ele. Quando o autor de Hebreus (13:7 e 13:17) declara que orem pelos seus pastores, que velam pelas suas almas… e se velarmos mal?

E se nos deixarmos, como pastores, ser influenciado pela pressão da “sociedade”, das pessoas em geral, que discipuladas pelo anticristo, somente crêem no vêem, no que pode tocar, sentir. Influenciados então por esta pressão, mudamos as verdades da palavra.

Pregamos: Venha para ser abastado, venha para ser próspero, venha para buscar os atalhos das profecias, ao invés da santificação. Ainda que estas bênçãos sejam consequências de “andar com o Senhor”,   não podemos deixar de lado, ou em segundo plano a verdadeira ênfase da palavra de Deus:  “arrependei-vos para serdes salvos” (Atos 2:38, Atos 3:19)

.

UM CRISTIANISMO SEM ARREPENDIMENTO? É POSSÍVEL?

Quando um pastor dá a esperança ao homem de ter todos os benefícios da graça, sem arrependimento e busca da intimidade com o Pai,  como se graça fosse uma obrigação do Deus vivo, e não um dom de amor. Como se ela não tivesse se  tornado possível pelo sangue do próprio Deus derramado na cruz, quando um pastor tira o temor a Deus, princípio da sabedoria, o cristianismo fica muito mais agradável e leve… É assim que os mártires do passado, e os de hoje viviam, e vivem?

.

COLOCAR A MÃO NO ARADO, E OLHAR PARA TRÁS? 

II Pedro, 2:20 a 22 se torna algo muito próximo de um cristianismo apóstata, que usa a razão, e eliminando verdades, como a graça  do temor ao Deus que é amor, mas também é justo.

.

II Pedro 2:20 a 22;  “porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro, porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça do que , conhecendo-o desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. Deste modo, sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O CÃO VOLTOU AO SEU PRÓPRIO VÔMITO E A PORCA LAVADA VOLTOU AO LAMAÇAL.

.

Pode ser muito difícil e trabalhoso separar a verdade das muitas apostasias. As apostasias são sempre bem aceitas, e facilmente alegram o coração dos que buscam viver um cristianismo de facilidades, superficialidade, onde a santificação é crida desnecessária. Ainda são pregadas por pessoas muito amorosas e carismáticas. Além de tudo, se apostataram é porque um dia conheceram a palavra, portanto sabem manipular muito bem os versículos para dar base bíblica às suas teorias. Neste lugar, eles podem “usar a graça de Deus” como justificativa para viverem nos seus conceitos próprios e desfrutarem da delícia de seus pecados preferidos.

.

Pastor: Se eu puder te dar um conselho…

Mesmo sendo difícil, não desanimemos, pastores amados. Tenhamos temor por nossas vidas, e pelas vidas daqueles que Deus colocou debaixo de nossa responsabilidade de ensino.

Busquemos uma pregação totalmente fundamentada na palavra, e não nas emoções, não nas pressões da vida dissoluta que doutrina a humanidade nestes dias.

Lembre-se, importa-nos agradar a Deus e não homens. Este é o nosso caminho para verdadeiramente ajudar a todos os homens.

Sejamos bênção, e proclamemos o evangelho de cruz, do circuncidar o nosso coração e não a nossa carne. O Suportar os sofrimentos presentes no viver a palavra, lembrando que em todo o mundo nossos irmãos estão passando pelos mesmos sofrimentos, aliás, alguns estão sendo queimados, degolados, fuzilados  e torturados por este evangelho.

.

.

Pr. Eliseo Batiston.
 Buscando cada dia conhecer mais a palavra, e ao Senhor da Palavra.

3 Comentários

  1. Acabei de receber uma mensagem dizendo que o leitor gostou da análise. Mas pediu qual a relação disto tudo com o Estado Islâmico.
    A relação é a seguinte:
    O E.I. pode tirar a vida do corpo, mas não mata a alma. Mas a apostasia em um púlpito lança o “corpo e a alma no inferno” disse Jesus. A estes temos que temer.

    A palavra diz: (mat. 10:28) “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma. Temei antes aqueles que podem fazer perecer no inferno a alma e o corpo.
    Esta é a relação.
    Do EI todos fugiriam. Mas de uma pregação que “dourar o evangelho de Jesus Cristo, as pessoas amam, e este segundo pode se tornar muito mais perigoso que o outro.

  2. Glória a Deus Pastor, por este texto. Algo que o Espírito Santo tem falado em todos os lugares. A porta do Evangelho da Graça é o arrependimento de pecados e obras mortas. O estar crucificado com Cristo todos os dias, e todos os dias ressuscitado para uma nova vida de boas obras e plenitude do Espírito de Cristo em nosso ser.

    • Amém Luis. É tempo de orarmos que os profetas do Senhor em toda nossa nação se levantem com coragem de pregar justamente isto que você escreveu. Abraços.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>